Conheça o Home Care

 In Notícias

Segundo um estudo da Physis: Revista de Saúde Coletiva, o atendimento clínico domiciliar tem como objetivo acelerar o processo de recuperação, através da proximidade do ambiente familiar, assim como permitir um ambiente mais humano ao paciente, reintegrando-o à vida normal e proporcionando melhores condições psicológicas e físicas para sua reabilitação.

O Instituto Vita, inclusive, conta com o Home Care, um serviço prestado pelos profissionais da reabilitação do Instituto. Os fisioterapeutas vão até a residência ou hospedagem do cliente para continuar ou iniciar o acompanhamento fisioterapêutico pós-operatório ou conservador.

No Home Care, seguem-se os mesmos protocolos adotados nas unidades clínicas, porém, adaptando-os às condições físicas/estruturais que são encontradas nos locais residenciais.

O conceito é levar a clínica até a casa do cliente, que por algum motivo não consiga se locomover até as unidades médicas, de modo a permitir a mesma qualidade e atenção característica do atendimento convencional.

No pré operatório, por exemplo, o profissional vai até o cliente, no intuito de adaptar o local, as dificuldades e necessidades do paciente, além de já orientá-lo e treiná-lo quanto ao uso dos meios auxiliares de locomoção, os cuidados diários de higiene pessoal e deslocamento e mudança de decúbito, que requerem atenção para não prejudicar o recente procedimento cirúrgico.

Em seguida, inicia-se o protocolo de tratamento, que tem, em conjunto, o acompanhamento do fisioterapeuta e do médico cirurgião. Nos casos de tratamento conservador, a ênfase é a mesma dada no ambiente clínico: a melhora do quadro de dor e o retorno seguro às atividades cotidianas e/ou esportivas.

Artigos demonstram que a utilização da eletroterapia, usada no Home Care, no pós-operatório, alivia a dor e melhora a qualidade de vida dos pacientes (Colégio Brasileiro de Cirurgiões – Rev. Col. Bras. Cir. vol.34 no.2 Rio deJaneiro Mar./Apr. 2007). Ao longo do tempo, a mobilização precoce favorece o ganho de movimento e facilita a recuperação funcional do paciente.

Referências
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-73312011000100009

Recent Posts

Leave a Comment

ALGUMA DÚVIDA?

Vamos adorar ouvi-lo e responder quaisquer dúvida.

Not readable? Change text.