Compreender a mente para tratar das dores nas costas

 In Notícias, Sem categoria

A tese de mestrado do médico do Instituto Vita, Carlos Tucci, consistiu em provar a eficiência da ferramenta psicométrica (um questionário especial) na avaliação de distúrbios psicológicos em pacientes com dores nas costas.

A conexão entre corpo e mente é um fato inquestionável, mas nem sempre é simples comprová-la cientificamente e usar o conhecimento adquirido dessas comprovações para melhorar a atuação dos profissionais da área da saúde. O médico do Instituto Vita, especialista em coluna, Carlos Tucci, está dando a sua contribuição ao lançar a luz da ciência sobre os ganhos que tal conhecimento pode trazer à medicina, mais especificamente ao tratamento de dores nas costas.

Na última semana de setembro, Tucci teve sua tese de mestrado aprovada pela Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo). Os estudos do médico do Vita buscaram comprovar a eficiência de um questionário que permite avaliar a ocorrência de distúrbios psicológicos em pacientes com dores nas costas.

“A partir da compreensão das condições psicológicas do paciente, é possível desenvolver um tratamento específico, muito mais eficiente.”

“Durante o trabalho clínico no Instituto Vita, notei haver relação entre distúrbios psicológicos [transtorno de ansiedade, depressão etc.] e dores nas costas. Mas o diagnóstico desses distúrbios precisa ser feito de forma acurada e confiável. Procurei uma ferramenta psicométrica que me permitisse avaliar melhor e cheguei a esse questionário que foi desenvolvido, originalmente, na Inglaterra”, explica Tucci.

Baseado em experiência clínica e estudos internacionais, o médico do Vita, Carlos Tucci, constatou que muitas pessoas que sofrem com dores nas costas têm algum tipo de distúrbio psicológico.
Baseado em experiência clínica e estudos internacionais, o médico do Vita, Carlos Tucci, constatou que muitas pessoas que sofrem com dores nas costas têm algum tipo de distúrbio psicológico.

Entender o paciente de forma mais integral e individualizada

Baseado em informações de estudos internacionais, o médico do Vita foi além da impressão da experiência clínica e constatou, cientificamente, que muitas pessoas que sofrem com dores nas costas têm, de fato, algum tipo de distúrbio psicológico também. Assim, direcionou sua tese no sentido de provar a eficiência da ferramenta psicométrica na avaliação desses distúrbios em pacientes com problemas de coluna.

“Procurei uma ferramenta psicométrica que me permitisse avaliar melhor e cheguei a esse questionário que foi desenvolvido, originalmente, na Inglaterra.”

“Nosso principal objetivo é entender o paciente de forma mais integral e individualizada. A partir da compreensão de suas condições psicológicas, é possível desenvolver um tratamento específico, muito mais eficiente para as suas dores nas costas. Se for o caso, ele é orientado a fazer um acompanhamento psicológico, por exemplo [leia texto que trata do adiamento (ou não) de cirurgia na lombar em caso de crise depressiva].”

Segundo Tucci, o resultado pretendido, dessa forma, é aumentar a eficácia do tratamento médico, propiciando ao paciente bem-estar e saúde de forma mais integrada e sustentável.

Recent Posts

Leave a Comment

ALGUMA DÚVIDA?

Vamos adorar ouvi-lo e responder quaisquer dúvida.

Not readable? Change text.