MÉTODO PILATES: UMA HISTÓRIA DE SUPERAÇÃO E CRIATIVIDADE PELA SAÚDE

 In Notícias

Muita gente pratica o método pilates, mas são poucos os que conhecem a história dessa rica técnica de reabilitação e preparação física, criada pelo alemão, de descendência grega, Joseph Pilates.

“O método pilates tem, como principais objetivos, o trabalho de fortalecimento muscular, a estabilização de ‘core’ [o centro do nosso corpo], o alongamento e a mobilidade articular”, explica a fisioterapeuta do Instituto Vita, Mirian Moura.

Durante a I Grande Guerra, Joseph Pilates adaptou o método de preparação física, que vinha desenvolvendo, a soldados feridos e acamados para que pudessem também se exercitar. A experiência foi fundamental para dar contornos ao atual método pilates.

Filho de uma médica naturopata alemã e de um ginasta de origem grega, Pilates se interessou por atividade física desde cedo. Foi a maneira que encontrou para controlar a asma crônica de que sofria e para reverter o raquitismo que o caracterizava na infância.

“O método pilates tem, como principal objetivo, o trabalho de fortalecimento muscular, a estabilização de ‘core’ [o centro do nosso corpo], o alongamento e a mobilidade articular”, explica a fisioterapeuta do Instituto Vita Mirian Moura.

O JOVEM PILATES EM BUSCA DE SAÚDE

Ainda adolescente, concentrou seus esforços e estudos no desenvolvimento de técnicas respiratórias e no aprimoramento da postura corporal. Logo, tornou-se exemplo de exuberância física.

“Os exercícios do método pilates devem ser realizados sempre respeitando os seus princípios básicos, que consistem no controle da respiração, muscular, na concentração, na centralização e na fluidez dos movimentos”, diz Mirian, uma das responsáveis por aplicar o método em pacientes do Instituto Vita.

O menino frágil se tornou um jovem forte e apaixonado por esportes, sobretudo o boxe, que praticou competitiva e clandestinamente (já que era proibido, em boa parte da Europa, na época) por um bom tempo.

Em 1926, Pilates decide deixar a Alemanha, emigrando para Nova York (EUA), onde, em pouco tempo, o método pilates ganharia incrível notoriedade entre celebridades e bailarinos.
Em 1926, Pilates decide deixar a Alemanha, emigrando para Nova York (EUA), onde, em pouco tempo, o método pilates ganharia incrível notoriedade entre celebridades e bailarinos.

O PILATES ENTRE SOLDADOS ACAMADOS

Em 1912, Pilates emigrou para a Inglaterra. Lá, dois anos depois, com o início da I Grande Guerra, por ser alemão, Pilates e muitos de seus conterrâneos que viviam na Inglaterra na ocasião são presos pelo governo inglês. Alemanha e Inglaterra estavam, enquanto estados, em lados opostos nesta e também estariam na próxima guerra mundial.

“O controle dos movimentos, da postura e da respiração, o que confere ao praticante do método grande consciência corporal, era e é, até hoje, o atributo mais evidente e um dos mais importantes do método pilates”, explica a fisioterapeuta do Instituto Vita, Mirian Moura.

É no período de cárcere, na Ilha de Man, que o método de Pilates começa a ganhar expressão genuína, num primeiro momento, com o nome de “contrologia”. “Até hoje, o controle dos movimentos, da postura e da respiração, o que confere ao praticante do método grande consciência corporal, é o atributo mais evidente e um dos mais importantes do método pilates”, explica Mirian.

Na Ilha de Man, Pilates estimulava os colegas a se exercitarem diariamente sob a sua supervisão. A ideia era manter todos saudáveis mental e fisicamente.

Entre os encarcerados, contudo, havia soldados feridos e acamados. Foi então que Pilates, para garantir que eles também se exercitassem, começou a desenvolver equipamentos, à base de molas, que lhes permitiam realizar movimentos retidos. Aparelhos criados naquela época existem até hoje e fazem parte do método pilates: Cadillac, o Reformer e o Lader Barrel.

Atualmente, o método pilates é utilizado, com excelentes resultados, em todo o mundo. Suas técnicas colocam a qualidade dos movimentos acima da quantidade. No Brasil, É um método ministrado por fisioterapeutas e educadores físicos.
Atualmente, o método pilates é utilizado, com excelentes resultados, em todo o mundo. Suas técnicas colocam a qualidade dos movimentos acima da quantidade. No Brasil, É um método ministrado por fisioterapeutas e educadores físicos.

O MUNDO CONHECE A EFICÁCIA DO MÉTODO PILATES

Com o fim da I Guerra, Pilates voltou à Alemanha, dando continuidade aos seus trabalhos em preparação física. Retomou, também, na ocasião, a prática do boxe. Em 1926, decidiu deixar seu país e o boxe, emigrando, desta vez, para os Estados Unidos (EUA), mais especificamente para Nova York, onde, em pouco tempo, o método pilates ganharia incrível notoriedade entre celebridades e bailarinos.

“Hoje, o pilates é utilizado, com excelentes resultados, em todo o mundo. Suas técnicas colocam a qualidade dos movimentos acima da quantidade. No Brasil, é um método ministrado por fisioterapeutas e educadores físicos. Cada um trabalhando dentro da sua especialidade. No instituto Vita, há apenas fisioterapeutas trabalhando o método pilates”, explica Mirian.

Recommended Posts

Leave a Comment

ALGUMA DÚVIDA?

Vamos adorar ouvi-lo e responder quaisquer dúvida.

Not readable? Change text.